Homem é preso suspeito de matar esposa em Curitiba

  • 12/02/2024
(Foto: Reprodução)
Nayara Queiroz Farias, de 24 anos, foi morta dentro da própria casa na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), segundo a PM. Nayara Queiroz Farias Divulgação Pablo Cezar Borges, 26 anos, foi preso suspeito de matar a esposa Nayara Queiroz Farias, de 24 anos, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), em Curitiba. O crime aconteceu dentro da residência do casal, de acordo com a Polícia Militar (PM-PR), na noite de sábado sábado (10). ✅ Siga o canal do g1 PR no WhatsApp ✅ Siga o canal do g1 PR no Telegram A polícia contou que, inicialmente, foi acionada para atender uma ocorrência de suicídio e que o suspeito teria dito que a mulher apresentava crises de depressão e ameaçava tirar a própria vida. Na sequência, ainda conforme a polícia, Pablo foi levado para a Delegacia da Mulher e no caminho confessou que matou a esposa porque ela "estaria ameaçando a vida da mãe dele". O atestado de óbito de Nayara descreve a causa da morte como "asfixia e traumatismo cranioencefálico". Leia também: Violência: Homem fere duas pessoas no pescoço com caco de vidro em bar de Colombo Trânsito: Carro 'desmancha' após batida frontal na PR-218; dois motoristas morreram Susto: Lanchonete pega fogo e chamas atingem estrutura de terminal de Curitiba Homem é preso suspeito de matar a esposa no sábado de Carnaval Pablo foi preso em flagrante e encaminhado ao sistema penitenciário. A Polícia Civil (PC-PR) investiga o caso. O g1 tenta contato com a defesa do suspeito. De acordo com a Delegacia da Mulher de Curitiba, este é o primeiro caso de suspeita de feminicídio na capital em 2024. Relação conturbada Os vizinhos relataram aos policiais que ouviam as brigas do casal constantemente. Em 2022, a PM atendeu uma ocorrência de ameaça do homem contra a esposa. A vítima não chegou a registrar boletim de ocorrência contra o suspeito e nem tinha medida protetiva, segundo a PM. A irmã dela contou à RPC que a relação dos dois era conturbada e falou que Nayara foi agredida pelo marido em outras ocasiões. "Era uma relação extremamente conturbada. Ele agredia ela. Ele ia atrás dela quando eles terminavam...Era um absurdo a relação entre eles [...] Eu quero que chegue nas pessoas que sofrem violência, que peçam ajuda. Vá atrás da Delegacia da Mulher, porque minha irmã não foi quando eu pedi pra ela e ela podia ter um boletim. Alguma diferença ia fazer", disse Naila Queiroz Farias, irmã da vítima. Nayara deixa um filho de dois anos. O corpo dela será sepultado na tarde desta segunda-feira (12), no Cemitério Municipal do Boqueirão. VÍDEOS: Mais assistidos do g1 Paraná Veja mais notícias em g1 Paraná.

FONTE: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2024/02/12/homem-e-preso-suspeito-de-matar-esposa-em-curitiba.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes