Homem é suspeito de matar namorada e enviar áudio às filhas da vítima após crime: 'Se ela não fosse minha mulher, não ia ser de mais de ninguém'

  • 19/02/2024
(Foto: Reprodução)
Maria da Luz Alípio tinha 51 anos e foi morta estrangulada dentro da própria casa no sábado (17). Principal suspeito do crime, Paulo Sergio Machado, de 45 anos, foi localizado pela polícia nesta segunda-feira (19). g1 tenta identificar defesa dele. Homem é suspeito de matar namorada e enviar áudio às filhas da vítima após crime Paulo Sergio Machado, de 45 anos, é suspeito de matar a própria namorada e enviar um áudio às filhas da vítima logo após o crime, que aconteceu em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná. Maria da Luz Alípio tinha 51 anos e foi morta estrangulada dentro da própria casa. O corpo da mulher foi encontrado no sábado (17) por uma das filhas dela, que conta que foi até a residência após receber uma mensagem de áudio de Paulo. Saiba mais abaixo. "Tua mãe não está mais comigo, mas também vocês não vão ter ela mais. [...] Se ela não fosse minha mulher, ela não ia ser mais de ninguém. [...] Mas vocês não vão ter a mãe de vocês mais também", dizem trechos da mensagem. OUÇA ACIMA. ✅ Siga o canal do g1 PR no WhatsApp ✅ Siga o canal do g1 PR no Telegram O áudio foi anexado ao inquérito aberto pela Polícia Civil sobre o caso. De acordo com o boletim da ocorrência, Paulo fugiu com a moto de Maria da Luz logo após o crime e estava sendo procurado pela polícia desde então. Na manhã desta segunda-feira (19), ele foi encontrado e preso em flagrante pela Polícia Militar com a motocicleta em São Mateus do Sul, no sul do Paraná. A cidade fica a 122 km de Ponta Grossa, onde aconteceu o crime. Segundo o delegado Guilherme Marinho, o homem deve responder, no mínimo, por feminicídio. O Código Penal prevê pena de 12 a 30 anos de prisão para o crime, podendo ser aumentada em até dois terços quando o autor é companheiro da vítima. O g1 tenta identificar a defesa dele. Maria da Luz Alípio era zeladora e deixa quatro filhos, com idades entre 20 e 32 anos. Ela foi sepultada na manhã desta segunda-feira (19) no cemitério do Distrito de Biscaia, em Ponta Grossa. Leia também: Vídeo: Trem descarrila e atinge casa após colidir com caminhão que furou sinal vermelho Glioblastoma: Quem era a estudante que descobriu câncer após série de dores de cabeça e morreu durante tratamento de tumor, que é raro em jovens Triângulo amoroso: Homem que se relacionava com mulher sem saber que ela era casada forjou assalto para acessar celular dela, diz delegado Filha encontrou a mãe morta após receber mensagem do suspeito Maria da Luz Alípio tinha 51 anos Reprodução/Redes Sociais Jennifer Caroline Telinski, uma das filhas da vítima, conta que encontrou a mãe morta após receber a mensagem do suspeito. Ela recebeu o áudio por volta das 18h e na sequência foi até a casa da mulher junto com o marido e um amigo da família. Ao chegar ao local, a residência estava trancada e, por uma fresta na cortina, eles viram Maria da Luz deitada na cama, imóvel. "Romperam a porta do fundo da residência para poder entrar e localizaram a vítima na cama com um lenço em volta do pescoço, aparentando sinais de óbito", descreve o boletim da ocorrência. Relação conturbada Maria da Luz Alípio tinha 51 anos Reprodução/Redes Sociais Jennifer também conta que Paulo tinha uma relação conturbada tanto com Maria da Luz, quanto com as filhas da vítima. Os dois se relacionavam havia cerca de um ano e contabilizavam diversas idas e voltas. A filha da vítima afirma que a família e os amigos tentavam convencer a mãe de que a relação não era saudável. "Todo munda tava vendo, só que ele mexeu muito na cabeça dela de forma que ela não conseguia enxergar a situação e 'tava' se submetendo a isso. O conselho [de terminar o namoro] foi dado, mas a gente nunca imaginou que ele pudesse ser capaz de fazer uma atrocidade dessas", explica. Saiba como identificar o ciclo da violência Veja como buscar ajuda VÍDEOS: Mais assistidos do g1 Paraná Leia mais notícias da região em g1 Campos Gerais e Sul.

FONTE: https://g1.globo.com/pr/campos-gerais-sul/noticia/2024/02/19/homem-e-suspeito-de-matar-namorada-e-enviar-audio-as-filhas-da-vitima-apos-crime-se-ela-nao-fosse-minha-mulher-nao-ia-ser-de-mais-de-ninguem.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes