Homem tem mal súbito e morre em delegacia momentos após ser preso com armas e utensílios para caça, diz polícia

  • 19/02/2024
(Foto: Reprodução)
Inicialmente confundido com o suspeito de um feminicídio, Devair Donizete Hoffmann foi encontrado em um abrigo camuflado, com carcaças de aves mortas dentro de uma bolsa térmica. Polícia Civil investiga o caso. Devair Donizete Hoffmann tinha 52 anos Reprodução/Redes Sociais Um homem teve um mal súbito e morreu na delegacia momentos depois de ser preso em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná, de acordo com a Polícia Militar (PM). O caso aconteceu na manhã de domingo (18). Devair Donizete Hoffmann, de 52 anos, foi preso por porte ilegal de arma de fogo e de drogas para consumo pessoal e por matar animais silvestres. Inicialmente, ele foi procurado por ter sido confundido com o suspeito de um feminicídio. Saiba mais abaixo. ✅ Siga o canal do g1 PR no WhatsApp ✅ Siga o canal do g1 PR no Telegram Ele foi localizado em um abrigo de caça, camuflado por galhos, nas proximidades do Rio Pitangui, na região do Jardim Ipiranga. A PM relata que, com o homem, estavam uma pistola calibre .380, duas espingardas de pressão, munições, utensílios para caça e pequenas quantidades de maconha e crack. Além disso, Devair estava segurando uma ave morta e tinha carcaças de seis pombos, limpas, dentro de uma bolsa térmica, informou a polícia. "Posteriormente, quando questionado, informou à equipe que havia adquirido uma relativa quantidade de crack e que fez uso durante toda a noite, restando apenas a quantidade que foi encontrada na abordagem", afirma a PM. Ele foi levado à delegacia e, enquanto aguardava as diligências necessárias, passou mal, diz a corporação. "Ele aguardava no interior da cela da delegacia e veio a apresentar um mal súbito, suspirando em tom alto. No momento em que a equipe foi verificar o que estaria ocorrendo, se deparou com o senhor já caído". Os policiais tentaram reanimá-lo e acionaram o Samu, mas o homem morreu no local. A Polícia Civil investiga o caso e aguarda o laudo da perícia e do Instituto Médico Legal (IML), que devem atestar o motivo clínico da morte. Devair era pedreiro e será sepultado às 16h desta segunda-feira (19) no Cemitério Santo Antônio, em Ponta Grossa. Leia também: Vídeo: Trem descarrila e atinge casa após colidir com caminhão que furou sinal vermelho Glioblastoma: Quem era a estudante que descobriu câncer após série de dores de cabeça e morreu durante tratamento de tumor, que é raro em jovens Triângulo amoroso: Homem que se relacionava com mulher sem saber que ela era casada forjou assalto para acessar celular dela, diz delegado Homem foi abordado por ser confundido com suspeito de feminicídio Inicialmente, Devair foi procurado e abordado por ser confundido com o suspeito de um feminicídio que aconteceu no dia anterior. Segundo a PM, a equipe foi acionada para verificar um homem que estaria conduzindo uma motocicleta com as mesmas características do suspeito, que estava sendo procurado pela polícia. Porém, ao abordar Devair, a equipe identificou os outros crimes. No caso do feminicídio, o suspeito, namorado da vítima, foi preso 24 horas depois em São Mateus do Sul, a cerca de 122 km de Ponta Grossa. VÍDEOS: Mais assistidos do g1 Paraná Leia mais notícias da região em g1 Campos Gerais e Sul.

FONTE: https://g1.globo.com/pr/campos-gerais-sul/noticia/2024/02/19/homem-tem-mal-subito-e-morre-em-delegacia-momentos-apos-ser-preso-com-armas-e-utensilios-para-caca-diz-policia.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!

Anunciantes